Não Esqueça o Planejamento!

Planejamento é uma ação, ato ou plano que determina as etapas para alcançar um determinado objetivo. Muito bem, mas onde posso usar o planejamento no meu dia-a-dia?
Voltar Publicado em: 18/07/2019
Visualizações: 1256

Planejamento é uma ação, ato ou plano que determina as etapas para alcançar um determinado objetivo. Muito bem, mas onde posso usar o planejamento no meu dia-a-dia?

Aposto que você já fez alguma viagem, comprou um imóvel ou carro, foi às compras ao supermercado ou organizou uma festa. Essas e outras ações ou atividades que fazem parte da sua vida, ou certamente farão, possibilitam a identificação da importância da realização de um planejamento. Vejamos a atividade de compras no mercado que envolve uma série de etapas: primeiramente é necessário identificar os itens a serem comprados, podendo para isso ser elaborada uma lista de compras, por muitas vezes escrita em folhas de caderno, smartphones ou até mesmo gravado na memória. Algumas pessoas organizam essa lista de acordo com o orçamento destinado às compras, outras calculam na hora quanto está sendo gasto e outras realizam uma pesquisa para encontrar o menor preço. Em seguida, define-se o local da execução das compras, ou seja, o supermercado desejado, finalizando com a efetivação do ato de comprar. Caso tenha realizado alguma ou todas essas atividades ao ir às compras, você já realizou um planejamento. Por mais simples que seja ir ao mercado, caso você não crie uma lista ou roteiro, talvez seja necessário voltar para comprar algo que faltou, consumindo mais tempo e gerando gastos desnecessários.

Esse e outros exemplos mais completos ou complexos podem ser pautados em relação ao assunto planejamento. Mas, com a simples ação de ir ao mercado é possível perceber que muitas vezes realizamos, sem perceber, o planejamento em atividades comuns e, em outras situações, como em atividades relacionadas com nossa função profissional, às vezes deixamos de lado o planejamento, como ao atender com urgência a uma solicitação do colega, gestor ou cliente, mas que futuramente pode ocasionar retrabalhos, gastos desnecessários e até mesmo perda de um negócio.

Com a rápida resposta que o mercado exige das empresas, para que continuem ou se tornem cada vez mais competitivas, o ato de planejar muitas vezes é deixado de lado, partindo direto para execução, sem realizar uma das principais etapas que pode definir o sucesso de um projeto, tarefa ou ação específica. Atualmente existem inúmeras formas, métodos, práticas e ferramentas que auxiliam na elaboração de um bom planejamento, mas que de nada adiantam se não são seguidas, sendo necessária em muitas empresas uma mudança de cultura ou de atitude que permitam sua implantação e execução. Sugiro que você inicie o planejamento de uma ação respondendo as principais perguntas diante de suas atividades: o que? Como? Quem? Quando? Quanto custa? A ação de planejar precisa ser iniciada por alguém para que as etapas sejam mapeadas e os responsáveis sejam envolvidos.

Então, reserve um tempo para planejar seu dia de trabalho, seu final de semana, suas férias, a estratégia de sua empresa. Fique atendo em cada atividade que é solicitada ou executada na sua rotina diária, analise demandas e execute os passos conforme planejado, lembre-se que essa ação pode auxiliar na identificação de novas oportunidades, trazer mais assertividade e muitos outros benefícios que serão apresentados ao logo do tempo.



Voltar