Esse texto é substituído pelo Flash
icone_sanPUA de Serviços

As Políticas de Uso Aceitável (PUA) da SAN Internet existe para definir os direitos e responsabilidades dos usuários. Ela define como os recursos computacionais da empresa devem ser usados de forma a funcionarem de maneira adequada alem de proteger a empresa, seus clientes e a comunidade Internet em geral contra atividades irresponsáveis e, em alguns casos, ilegais. A PUA é uma lista não-exclusiva de ações e condições que os clientes da SAN devem seguir de forma a preservar a continuidade na qualidade dos serviços prestados. A SAN reserva o direito de modificar a PUA a qualquer momento, sem a necessidade de emissão de comunicado aos seus clientes.

Para o bom cumprimento do contrato o CLIENTE deve estar ciente e se comprometer a respeitar as seguintes regras:

  • 1 - A SAN fornece somente os recursos necessários para o correto funcionamento do serviço de hospedagem de sites não se responsabilizando pelos códigos de clientes ou manutenção destes.
  • 2 - O desenvolvedor de sites deve respeitar as especificações definidas nessa PUA conforme a plataforma utilizada para hospedagem. Se as mesmas forem respeitadas em sua totalidade o código funcionará corretamente.
Normal 0 false 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE MicrosoftInternetExplorer4

Plataforma ASP:
barra
 

2.11 - Desenvolvedores que usam a linguagem ASP devem observar as seguintes especificações e respeitar as recomendações desta seção:  

2.11.1 - A SAN disponibiliza suporte ao framework .NET 1.1 e 2.0 devendo o desenvolvedor optar pelo uso de um dos frameworks. Caso seja necessária outra versão de framework, deverá ser solicitado via Central de Atendimento e houver viabilidade técnica e econômica o mesmo será instalado.  

2.11.2 - Por padrão a SAN disponibiliza em seu ambiente os seguinte componentes para uso público: ASPEMAIL(Persits), ASPJPEG(Persits), ASPUPLOAD(Persits), JMAIL, DUNDAS UPLOAD. Caso seja necessário algum componente adicional, deverá ser solicitado via Central de Atendimento e se houver viabilidade técnica e econômica o mesmo será instalado.  

2.11.3 - Não devem existir caminhos absolutos dentro dos códigos. Deve-se utilizar a função Server.mappath().  

2.11.4 - Não deve-se usar parent paths (../). Ao contrário solicitar via Central de Atendimento a criação de um diretório virtual (virtual directory).  

2.11.5 - Desativar modo debug de código para evitar alocação desnecessária de recursos do servidor.  

2.11.6 - Cada domínio deve ter o seu tempo de execução no IIS limitado a 90 segundos. Caso necessário maior tempo deve ser solicitado via Central de Atendimento.

2.11.7 - Clientes que usam Report Viewer devem alocar “assemblies” referentes ao Report Viewer na pasta /bin da aplicação.

2.11.8 - A SAN não utiliza o componente CDONTS, pois o mesmo está descontinuado além de possuir vulnerabilidades. Ao contrário deve-se usar ASPEMAIL(Persits) ou JMAIL.

2.12 - Os arquivos .mdb devem ser colocados no diretório /db pois o mesmo possui permissão de escrita necessária para o correto funcionamento do banco de dados.

2.12.1 - Não deve-se usar caminho absoluto para referenciar o arquivo .mdb. Por exemplo, se fisicamente o arquivo encontra-se em “E:\SERVIDOR1\Virtuais\1\SITE\dados\arquivo.mdb” deverá ser usado somente /db/arquivo.mdb.

2.13 - A SAN usa por padrão MSSQL Server 2000 SP4.

2.13.1 - Os códigos hospedados de clientes que usam MSSQL devem acessar o banco através de um nome como sqlserver.dominio.com.br e não através de um endereço ip.

2.13.2 - Os clientes não devem usar localhost como string de conexão ao banco.

2.13.3 - Por padrão cada base de dados possui um usuário único identificado por uma senha. Caso seja necessário mais de um usuário acessar uma base de dados deverá ser solicitado via Central de Atendimento.

2.13.3.1 - É de responsabilidade do cliente a não divulgação do usuário e senha que possuem acesso as bases de dados.

2.13.4 - Todos os usuários podem fazer acesso externo ao banco de dados SQL Server através do endereço sqlserver-00.saninternet.com.

2.14 - A SAN usa como padrão o MySQL versão 5.

2.14.1 - Os códigos hospedados de clientes devem acessar o banco através de um nome como mysql.dominio.com.br e não através de um endereço ip.

2.14.2 - Os clientes não devem usar localhost como string de conexão ao banco.

2.14.3 - Por padrão cada base de dados possui um usuário único identificado por uma senha. Caso seja necessário mais de um usuário acessar uma base de dados deverá ser solicitado via Central de Atendimento.

2.14.3.1 - É de responsabilidade do cliente a não divulgação do usuário e senha que possuem acesso as bases de dados.

2.14.4 - Todos os usuários podem fazer acesso externo ao banco de dados SQL Server através do endereço mysql-00.saninternet.com.

2.15 - A SAN usa como padrão o PostgreSQL versão 8.3.

2.15.1 - Os códigos hospedados de clientes devem acessar o banco através de um nome como postgres.dominio.com.br e não através de um endereço ip.

2.15.2 - Os clientes não devem usar localhost como string de conexão ao banco.

2.15.3 - Por padrão cada base de dados possui um usuário único identificado por uma senha. Caso seja necessário mais de um usuário acessar uma base de dados deverá ser solicitado via Central de Atendimento.

2.15.3.1 - É de responsabilidade do cliente a não divulgação do usuário e senha que possuem acesso as bases de dados.

2.15.3.2 - A SAN não se responsabiliza pela garantia de acesso a bancos de dados hospedados fora dos servidores da SAN com códigos hospedados localmente.

2.15.4 - Todos os usuários podem fazer acesso externo ao banco de dados SQL Server através do endereço
postgres-00.saninternet.com.

2.16 - A SAN usa como padrão o Firebird versao 1.5.

2.16.1 - Os códigos hospedados de clientes devem acessar o banco através de um nome e não através de um endereço ip.

2.16.2 - Os clientes não devem usar localhost como string de conexão ao banco.

2.16.2.1 - A SAN não se responsabiliza pela garantia de acesso a bancos de dados hospedados fora dos servidores da SAN com códigos hospedados localmente.

2.16.3 - Todos os usuários podem fazer acesso externo ao banco de dados através do endereço
firebird-00.saninternet.com.

Exemplo: firebird-00.saninternet.com:NOME_BANCO_DADOS_FIREBIRD

2.17 - Os arquivos de log de hospedagem devem ficar dentro da pasta /.log e as estatísticas de acesso dentro de /.stats ou /estatísticas ambos localizados dentro da arvore web do cliente.

2.17.1 - As estatísticas de cada domínio são geradas de maneira automática pelo sistema durante a madrugada de cada dia em horário não garantido com exatidão.

2.18 - Rotinas e/ou formulários que usam funções de mail necessitam de autenticação (SMTP autenticado por usuário/senha) e estar de acordo com nossa política de envio de mails da SAN.

2.18.1 - O endereço que deve ser utilizado como host STMP por rotinas/formulários não deve ser um endereço ip e sim o host smtp-interno.san.psi.br.

2.19 - Cada domínio possui por padrão um usuário de ftp utilizado para atualização dos dados do site.

2.19.1 - O cliente devera efetuar acesso ftp a área de seu site através do endereço ftp.dominio.com.br.

2.19.2 - Caso o cliente deseje mais de um usuário com permissão de acesso a sua área de site o mesmo devera ser requerido via Central de Atendimento.

2.19.3 - É de responsabilidade do cliente a não divulgação do usuário e senha que possuem acesso a sua área ftp.

2.20 - Domínios bloqueados por inadimplência possuem um prazo de desbloqueio definido em ate 24 horas após a confirmação de pagamento e requisição de liberação pelo departamento financeiro.

 


SAN Cloud Backup
| Imprimir |
SAN Cloud Backup

barra

Política de Uso Aceitável (PUA) do Serviço SAN CLOUD BACKUP


Este documento, denominado Política de Uso Aceitável (PUA) do Serviço SAN CLOUD BACKUP, é um acordo de convivência estabelecido entre a SAN Internet Brasil LTDA, empresa estabelecida na Rua 25 de Julho, 343, Sala 03  - Centro Santo Ângelo - RS, sob o CNPJ: 02.390.594/0001-10, e o ASSINANTE do Serviço SAN CLOUD BACKUP, que contém as condições sob as quais o serviços é prestado.

Premissas e Condições Gerais

A SAN Internet Brasil LTDA dedica-se a oferecer serviços de qualidade aos seus ASSINANTES, os termos e condições a seguir são normas e condutas a serem seguidas por ambas as partes, de forma a garantir a continuidade da qualidade dos serviços prestados, com as devidas responsabilidades éticas e legais.

No momento da assinatura do serviço, é apresentado ao ASSINANTE a presente Política de Uso Aceitável (PUA), e a contratação do serviço só é permitida quando o ASSINANTE concorda com o seu conteúdo. O serviço SAN CLOUD BACKUP é constituído basicamente do fornecimento ao ASSINANTE, ao acesso controlado e restrito a infra-estrutura e conexões de servidores da SAN Internet Brasil LTDA, provendo os recursos necessários para que o ASSINANTE armazene seus arquivos no servidor.

A prestação do serviço é contratada sempre de forma pré-paga. A SAN Internet Brasil LTDA poderá revisar e modificar o conteúdo deste documento a qualquer momento, sem a necessidade de prévio aviso. Caso o ASSINANTE passe a não concordar com a presente, deverá parar de utilizar os serviços imediatamente, e solicitar o cancelamento da sua assinatura.

Sanções

O não cumprimento destas regras por parte do ASSINANTE pode levar ao cancelamento imediato da assinatura, sem prévio aviso e sem direito a reembolso. Para os casos não previstos em lei, o ASSINANTE reconhece que a SAN Internet Brasil LTDA detém o livre e incontestável direito e arbítrio para determinar quando uma conduta é inapropriada e qual será a sanção a ser aplicada, de acordo com critérios próprios e subjetivos.

Atividades que resultem na suspensão ou cancelamento da assinatura, não darão direito à restituição dos valores pagos. Quando da violação das normas desta política de uso, a SAN Internet Brasil LTDA iniciará a apuração do caso, e poderá restringir o acesso do ASSINANTE a sua conta, arquivos, emails e demais sistemas.

De acordo com a gravidade da situação, compete à SAN Internet Brasil LTDA iniciar uma ação judicial contra o ASSINANTE na ocorrência de crime, notificar as autoridades competentes.

Responsabilidade do Assinante

O ASSINANTE é o único responsável perante a SAN Internet Brasil LTDA, civil e criminalmente, por descumprimentos a esta Política de Uso Aceitável (PUA), ocasionados por ele próprio ou por terceiros utilizando sua conta, com ou sem seu consentimento. É também o único responsável por toda atividade originada da sua conta, pelo zelo da Chave de Acesso e senha fornecida pela SAN Internet Brasil LTDA ou criadas pelo próprio ASSINANTE.

O ASSINANTE assume total responsabilidade por todo o material armazenado, divulgado e transferido através da sua conta. Na ocorrência de descumprimento desta Política de Uso Aceitável (PUA), a SAN Internet Brasil LTDA procurará contactar o ASSINANTE, via e-mail ou por telefone, prévia ou posteriormente a aplicação de qualquer medida, sempre que possível, porém, sem qualquer obrigatoriedade de fazê-lo.

Sob nenhuma circunstância, a SAN Internet Brasil LTDA estará obrigada a indenizar ou ressarcir o ASSINANTE, em razão da suspensão ou cancelamento de conta, por descumprimento a esta Política de Uso Aceitável (PUA).


Restrições e Proibições de Uso

Os servidores da SAN Internet Brasil LTDA só poderão ser utilizados para atividades que obedeçam as leis municipais, estaduais e federais do Brasil. A transmissão, armazenamento ou distribuição de arquivos, dados ou materiais que violem qualquer lei é expressamente proibida.

Utilização ILEGAL incluem-se, mas não limitam-se, a:

Material não-autorizado protegido por leis de propriedade intelectual e industrial, incluindo, leis de direitos autorais (artigo 184 do Código Penal), marcas ou patentes (Art.195 da Lei 9.279/96).

Pornografia infantil (crime previsto no artigo 241, do Estatuto da Criança e do Adolescente Lei no 8.069/90 - Pena de 2 a 6 anos de prisão e multa).

Pedofilia (o Código Penal Brasileiro não possui legislação específica para pedofilia, porém, por tratar-se de contato sexual entre crianças / adolescentes e adultos, traduz-se juridicamente nos crimes de estupro, crime previsto no Art. 213 do Código Penal e como atentado violento ao pudor, crime previsto no Art. 214 do Código Penal, ambos com pena de 6 a 10 anos de prisão e ainda considerados como crime hediondos - Art.247 da Lei 8.069/90 "ECA").

Exploração sexual (crime previsto no Art. 244 do Estatuto da Criança e do Adolescente - Pena de 4 a 10 anos de prisão e multa).

Jogos de azar (contravenção penal prevista no decreto lei 9215, do Código Penal - Pena de 3 meses a 1 ano de prisão - Art. 50 da L.C.P).

Calúnia (Art. 138 do Código Penal).

Difamação (Art. 139 do Código Penal).

Injúria (Art. 140 do Código Penal).

Ameaça (Art. 147 do Código Penal).

Divulgação de segredo (Art. 153 do Código Penal).

Furto (Art. 155 do Código Penal).

Dano (Art. 163 do Código Penal).

Escárnio por motivo de religião (Art. 208 do Código Penal).

Incitação ao crime (Art. 286 do Código Penal).

Apologia do fato criminoso ou do autor de crime (Art. 287 do Código Penal).

Falsa identidade (Art. 307 do Código Penal).

Inserção de dados falsos em sistema de informações - Ex: fazer cadastro falso ao contratar os serviços da SAN Internet Brasil LTDA. (Art. 313-A do Código Penal).

Adulterar dados em sistema de informações (Art. 313-B do Código Penal).

Exercício arbitrário das próprias razões (Art. 345 do Código Penal).

Preconceito ou Discriminação Raça-Cor-Etnia-Etc. (artigo 20 da Lei 7.716/89).

Crime de Concorrência Desleal (Art.195 da Lei 9.279/96).

Interceptação de comunicações de informática (Art.10 da Lei 9.296/96).

Crimes Contra Software - Pirataria (Art.12 da Lei 9.609/98).

Crimes Contra a Economia Popular - Ex: correntes, pirâmides, etc. (Lei n.o 1.521).

Além destas, incluem-se, mas não limitam-se, a:

Violações de qualquer tipo ao sistema.

Sondagens ("scan")

Testes de segurança para a exploração de vulnerabilidades.

Conteúdo Hacker (programas, arquivos, scripts, etc).

Conteúdo P2P (programas, torrents, etc).

Servidores, scripts e bots de IRC.

SPAM.

Ataques (flooding, DoS, brute force, broadcast, email bombing, etc).

SCAM.

Adulteração (pacotes TCP-IP, cabeçalhos de mensagens eletrônicas, etc).

Interferência com serviços.

Furto de senha.

Conteúdo que ofereça riscos a saúde e/ou a segurança pública.

Conteúdo que incite a violência, crueldade e maus tratos (especialmente contra animais).

Qualquer tipo de acesso não-autorizado ao sistema.

Qualquer tipo de monitoração não-autorizada do sistema.

Cadastro e Informações Pessoais

É obrigação do ASSINANTE prestar informações verídicas quando do fornecimento ou atualização de seu cadastro, bem como deverá se comprometer a mantê-lo sempre atualizado. Para qualquer circunstância, em que a legitimidade da identidade do ASSINANTE, for colocada em dúvida, a SAN Internet Brasil LTDA terá o direito de exigir documentação comprobatória (cópias autenticadas de RG, CPF/CNPJ e declaração com firma reconhecida em cartório), sob risco de se, não atendida esta exigência, todo e qualquer atendimento seja suspenso por tempo indeterminado. Esta medida visa garantir a segurança do próprio ASSINANTE contra a ação mal intencionada de terceiros se fazendo passar por ele.

A SAN Internet Brasil LTDA compromete-se a não divulgar os dados cadastrais do ASSINANTE a terceiros, exceto em caso de prática criminosa e por ordem judicial, mantendo-as sob a proteção de sistemas de segurança. Entretanto, não se responsabilizará por exposições indevidas destas informações, e suas consequências, em decorrencia de falha técnica ou de violação do sistema.

Modificações na Capacidade, Características ou Número e Tipo de Licenças

O ASSINANTE poderá realizar a mudança de qualquer característica permitida do SAN CLOUD BACKUP a qualquer momento através das ferramentas de autoatendimento ou canais de relacionamento, disponibilizados pela SAN Internet Brasil LTDA, quando então será realizado o ajuste financeiro do novo acordo.

A administração do consumo dos recursos disponibilizados, e suas eventuais consequências para as situações de limite excedido, é responsabilidade do ASSINANTE, que deverá estar atento aos relatórios de que dispõe acesso.

Disponibilidade do Serviço

Conforme a situação, é direito da SAN Internet Brasil LTDA, promover qualquer tipo de manutenção em seus serviços, sempre que julgar necessário.

MANUTENÇÃO PROGRAMADA – Preferencialmente é agendada com pelo menos 24 horas de antecedência, e comunicadas por email ou pela divulgação no site da SAN Internet Brasil LTDA.

A SAN Internet Brasil LTDA em conjunto com seu corpo técnico, fará o máximo de esforço para o menor tempo de manutenção possível.

Durante a ocorrência de uma manutenção, podem ocorrer oscilações e interrupções nos serviços, não-passíveis de qualquer tipo de ressarcimento.

Suporte Técnico

A SAN Internet Brasil LTDA não tem obrigação de fornecer suporte para instalação e configuração de programas, sistemas operacionais ou quaisquer outros recursos que não sejam inerentes ao serviço em questão.

É de única e exclusiva responsabilidade do ASSINANTE, os conhecimentos básicos necessários para a operação geral de sua conta e sob nenhuma hipótese, é obrigação da SAN Internet Brasil LTDA prover ao cliente este conhecimento.

Garantia de Disponibilidade dos Arquivos

A SAN Internet Brasil LTDA NÃO recomenda a utilização do serviço SAN CLOUD BACKUP como única e exclusiva ferramenta de segurança para missão crítica. Este serviço é recomendado como parte integrante de uma estratégia de recuperação de dados. A SAN Internet Brasil LTDA não é responsável pela integridade e disponibilidade dos arquivos do ASSINANTE, e no caso de ocorrer falha no ambiente de backup que leve a perda total ou parcial do conteúdo, a SAN Internet Brasil LTDA informará ao ASSINANTE, que deverá providenciar a verificação do backup e proceder com uma nova atualização, se necessário.

Cobrança, Reajustes e Pagamento

O não recebimento da mensagem eletrônica com o boleto bancário não abona a mensalidade, nem prorroga a data de vencimento. Caso o ASSINANTE não receba sua cobrança até o dia do vencimento, deverá solicitar a 2a via do boleto bancário ou imprimi-lo através dos canais de relacionamento da empresa.

Cancelamento da Assinatura

A SAN Internet Brasil LTDA poderá CANCELAR a assinatura a qualquer momento, sem prévio aviso, caso o ASSINANTE não cumpra e obedeça as regras contidas nesta Política de Uso Aceitável (PUA).

 
Plataforma ASP
| Imprimir |
Plataforma ASP

barra


2.11 - Desenvolvedores que usam a linguagem ASP devem observar as seguintes especificações e respeitar as recomendações desta seção:

2.11.1 - A SAN disponibiliza suporte ao framework .NET 1.1 e 2.0 devendo o desenvolvedor optar pelo uso de um dos frameworks. Caso seja necessária outra versão de framework, deverá ser solicitado via Service Desk e houver viabilidade técnica e econômica o mesmo será instalado.

2.11.2 - Por padrão a SAN disponibiliza em seu ambiente os seguinte componentes para uso público: ASPEMAIL(Persits), ASPJPEG(Persits), ASPUPLOAD(Persits), JMAIL, DUNDAS UPLOAD. Caso seja necessário algum componente adicional, deverá ser solicitado via Central de Atendimento e se houver viabilidade técnica e econômica o mesmo será instalado.

2.11.3 - Não devem existir caminhos absolutos dentro dos códigos. Deve-se utilizar a função Server.mappath().

2.11.4 - Não deve-se usar parent paths (../). Ao contrário solicitar via Service Desk a criação de um diretório virtual (virtual directory).

2.11.5 - Desativar modo debug de código para evitar alocação desnecessária de recursos do servidor.

2.11.6 - Cada domínio deve ter o seu tempo de execução no IIS limitado a 90 segundos. Caso necessário maior tempo deve ser solicitado via Service Desk.

2.11.7 - Clientes que usam Report Viewer devem alocar “assemblies” referentes ao Report Viewer na pasta /bin da aplicação.

2.11.8 - A SAN não utiliza o componente CDONTS, pois o mesmo está descontinuado além de possuir vulnerabilidades. Ao contrário deve-se usar ASPEMAIL(Persits) ou JMAIL.

2.12 - Os arquivos .mdb devem ser colocados no diretório /db pois o mesmo possui permissão de escrita necessária para o correto funcionamento do banco de dados.

2.12.1 - Não deve-se usar caminho absoluto para referenciar o arquivo .mdb. Por exemplo, se fisicamente o arquivo encontra-se em “E:\SERVIDOR1\Virtuais\1\SITE\dados\arquivo.mdb” deverá ser usado somente /db/arquivo.mdb.

2.13 - A SAN usa por padrão MSSQL Server 2000 SP4.

2.13.1 - Os códigos hospedados de clientes que usam MSSQL devem acessar o banco através de um nome como sqlserver.dominio.com.br e não através de um endereço ip.

2.13.2 - Os clientes não devem usar localhost como string de conexão ao banco.

2.13.3 - Por padrão cada base de dados possui um usuário único identificado por uma senha. Caso seja necessário mais de um usuário acessar uma base de dados deverá ser solicitado via Service Desk.

2.13.3.1 - É de responsabilidade do cliente a não divulgação do usuário e senha que possuem acesso as bases de dados.

2.13.4 - Todos os usuários podem fazer acesso externo ao banco de dados SQL Server através do endereço sqlserver-00.saninternet.com.

2.14 - A SAN usa como padrão o MySQL versão 5.

2.14.1 - Os códigos hospedados de clientes devem acessar o banco através de um nome como mysql.dominio.com.br e não através de um endereço ip.

2.14.2 - Os clientes não devem usar localhost como string de conexão ao banco.

2.14.3 - Por padrão cada base de dados possui um usuário único identificado por uma senha. Caso seja necessário mais de um usuário acessar uma base de dados deverá ser solicitado via Service Desk.

2.14.3.1 - É de responsabilidade do cliente a não divulgação do usuário e senha que possuem acesso as bases de dados.

2.14.4 - Todos os usuários podem fazer acesso externo ao banco de dados SQL Server através do endereço mysql-00.saninternet.com.

2.15 - A SAN usa como padrão o PostgreSQL versão 8.3.

2.15.1 - Os códigos hospedados de clientes devem acessar o banco através de um nome como postgres.dominio.com.br e não através de um endereço ip.

2.15.2 - Os clientes não devem usar localhost como string de conexão ao banco.

2.15.3 - Por padrão cada base de dados possui um usuário único identificado por uma senha. Caso seja necessário mais de um usuário acessar uma base de dados deverá ser solicitado via Service Desk.

2.15.3.1 - É de responsabilidade do cliente a não divulgação do usuário e senha que possuem acesso as bases de dados.

2.15.3.2 - A SAN não se responsabiliza pela garantia de acesso a bancos de dados hospedados fora dos servidores da SAN com códigos hospedados localmente.

2.15.4 - Todos os usuários podem fazer acesso externo ao banco de dados SQL Server através do endereço
postgres-00.saninternet.com.

2.16 - A SAN usa como padrão o Firebird versão 1.5.

2.16.1 - Os códigos hospedados de clientes devem acessar o banco através de um nome e não através de um endereço ip.

2.16.2 - Os clientes não devem usar localhost como string de conexão ao banco.

2.16.2.1 - A SAN não se responsabiliza pela garantia de acesso a bancos de dados hospedados fora dos servidores da SAN com códigos hospedados localmente.

2.16.3 - Todos os usuários podem fazer acesso externo ao banco de dados através do endereço
firebird-00.saninternet.com.

Exemplo: firebird-00.saninternet.com:NOME_BANCO_DADOS_FIREBIRD

2.17 - Os arquivos de log de hospedagem devem ficar dentro da pasta /.log e as estatísticas de acesso dentro de /.stats ou /estatísticas ambos localizados dentro da arvore web do cliente.

2.17.1 - As estatísticas de cada domínio são geradas de maneira automática pelo sistema durante a madrugada de cada dia em horário não garantido com exatidão.

2.18 - Rotinas e/ou formulários que usam funções de mail necessitam de autenticação (SMTP autenticado por usuário/senha) e estar de acordo com nossa política de envio de mails da SAN.

2.18.1 - O endereço que deve ser utilizado como host STMP por rotinas/formulários não deve ser um endereço ip e sim o host smtp-interno.san.psi.br.

2.19 - Cada domínio possui por padrão um usuário de ftp utilizado para atualização dos dados do site.

2.19.1 - O cliente deverá efetuar acesso ftp a área de seu site através do endereço ftp.dominio.com.br.

2.19.2 - Caso o cliente deseje mais de um usuário com permissão de acesso a sua área de site o mesmo deverá ser requerido via Service Desk.

2.19.3 - É de responsabilidade do cliente a não divulgação do usuário e senha que possuem acesso a sua área ftp.

2.20 - Domínios bloqueados por inadimplência possuem um prazo de desbloqueio definido em ate 24 horas após a confirmação de pagamento e requisição de liberação pelo departamento financeiro.

 

 
Plataforma PHP
| Imprimir |
Plataforma PHP

barra

2.1 - Desenvolvedores que usam a linguagem PHP devem observar as seguintes especificações e respeitar as recomendações desta seção:

2.1.1 - Diretivas de configuração da linguagem PHP:

allow_url_fopen = Off

allow_url_include = Off

register_globals = Off

upload_max_filesize = 8M

max_execution_time = 30

magic_quotes_gpc = Off

memory_limit = 8M

safe_mode = On

open_basedir = home_dir do cliente

2.1.2 - Não devem existir caminhos absolutos dentro dos códigos.

2.1.3 - A biblioteca GD versão 2.0.x é usada por padrão com suporte aos seguintes formatos: FreeType Support (versão 2.3.5), FreeType Linkage, T1Lib, GIF, JPG, PNG, WBMP, XPM, XBM.

2.1.4 - Códigos que necessitem de recursos do Zend Optimizer devem ser informados através de chamado via Service Desk.

2.1.5 - Comentários de código devem usar o padrão da linguagem PHP que é duas barras (//) delimitando uma única linha ou então comentário de bloco através de /* e */.

2.1.6 - Não utilizar short tags do PHP.

2.1.7 - Usar obrigatoriamente apenas o padrão atual (PHP 5) de acesso às varáveis de sessão ($_SESSION), formulários ($_GET e $_POST), arquivos ($_FILES) e diretivas do servidor ($_SERVER).

2.1.8 - Sessões devem ser explicitamente inicializadas pois o “auto session” está desabilitado.

2.2 - A SAN usa por padrão MSSQL Server 2000 SP4.

2.2.1 - Os códigos hospedados de clientes que usam MSSQL devem acessar o banco através de um nome como sqlserver.dominio.com.br e não através de um endereço ip.

2.2.2 - Os clientes não devem usar localhost como string de conexão ao banco.

2.2.3 - Por padrão cada base de dados possui um usuário único identificado por uma senha. Caso seja necessário mais de um usuário acessar uma base de dados deverá ser solicitado via Central de Atendimento.

2.2.3.1 - É de responsabilidade do cliente a não divulgação do usuário e senha que possuem acesso as bases de dados.

2.2.4 - Todos os usuários podem fazer acesso externo ao banco de dados SQL Server através do endereço sqlserver-00.saninternet.com.

2.3 - A SAN usa como padrão o MySQL versão 5.

2.3.1 - Os códigos hospedados de clientes devem acessar o banco através de um nome como mysql.dominio.com.br e não através de um endereço ip.

2.3.2 - Os clientes não devem usar localhost como string de conexão ao banco.

2.3.3 - Por padrão cada base de dados possui um usuário único identificado por uma senha. Caso seja necessário mais de um usuário acessar uma base de dados deverá ser solicitado via Service Desk.

2.3.3.1 - É de responsabilidade do cliente a não divulgação do usuário e senha que possuem acesso as bases de dados.

2.3.4 - Todos os usuários podem fazer acesso externo ao banco de dados SQL Server através do endereço mysql-00.saninternet.com.

2.4 - A SAN usa como padrão o PostgreSQL versão 8.3.

2.4.1 - Os códigos hospedados de clientes devem acessar o banco através de um nome como postgres.dominio.com.br e não através de um endereço ip.

2.4.2 - Os clientes não devem usar localhost como string de conexão ao banco.

2.4.3 - Por padrão cada base de dados possui um usuário único identificado por uma senha. Caso seja necessário mais de um usuário acessar uma base de dados deverá ser solicitado via Service Desk.

2.4.3.1 - É de responsabilidade do cliente a não divulgação do usuário e senha que possuem acesso as bases de dados.

2.4.3.2 - A SAN não se responsabiliza pela garantia de acesso a bancos de dados hospedados fora dos servidores da SAN com códigos hospedados localmente.

2.4.4 - Todos os usuários podem fazer acesso externo ao banco de dados SQL Server através do endereço
postgres-00.saninternet.com.

2.5 - A SAN usa como padrão o Firebird versao 1.5.

2.5.1 - Os códigos hospedados de clientes devem acessar o banco através de um nome e não através de um endereço ip.

2.5.2 - Os clientes não devem usar localhost como string de conexão ao banco.

2.5.2.1 - A SAN não se responsabiliza pela garantia de acesso a bancos de dados hospedados fora dos servidores da SAN com códigos hospedados localmente.

2.5.3 - Todos os usuários podem fazer acesso externo ao banco de dados através do endereço
firebird-00.saninternet.com.

Exemplo: firebird-00.saninternet.com:NOME_BANCO_DADOS_FIREBIRD

2.6 - Aplicações CGI/Perl devem ficar hospedados dentro do diretório /cgi-bin na arvore web do cliente.

2.6.1 - Aplicações CGI só podem acessar recursos dentro da própria arvore do cliente não sendo permitido o acesso fora desta.

2.7 - Os arquivos de log de hospedagem devem ficar dentro da pasta /.log e as estatísticas de acesso dentro de /.stats ou /estatísticas ambos localizados dentro da arvore web do cliente.

2.7.1 - As estatísticas de cada domínio são geradas de maneira automática pelo sistema durante a madrugada de cada dia em horário não garantido com exatidão.

2.8 - Rotinas e/ou formulários que usam funções de mail necessitam de autenticação (SMTP autenticado por usuário/senha) e estar de acordo com nossa política de envio de mails da SAN.

2.8.1 - O endereço que deve ser utilizado como host STMP por rotinas/formulários não deve ser um endereço ip e sim o host smtp-interno.san.psi.br.

2.9 - Cada domínio possui por padrão um usuário de ftp utilizado para atualização dos dados do site.

2.9.1 - O cliente devera efetuar acesso ftp a área de seu site através do endereço ftp.dominio.com.br.

2.9.2 - Caso o cliente deseje mais de um usuário com permissão de acesso a sua área de site o mesmo devera ser requerido via Service Desk.

2.9.3 - É de responsabilidade do cliente a não divulgação do usuário e senha que possuem acesso a sua área ftp.

2.10 - Domínios bloqueados por inadimplência possuem um prazo de desbloqueio definido em ate 24 horas após a confirmação de pagamento e requisição de liberação pelo departamento financeiro.

 

 

Bannersx